24/04/2017 - NOTA REPUDIO - EQUADOR
À opinião pública internacional
Ao Governo da República do Equador
Ao Governo do Brasil


A ASBPM - Associação Brasileira de Pesquisadores de Mercado Opinião e Mídia manifesta seu repúdio em relação aos ataques sofridos por nossos colegas pesquisadores no Equador, e em especial aos acontecimentos recentes envolvendo o instituto CEDATOS.

Consideramos quaisquer atos que ataquem a dignidade, a reputação profissional e a integridade física de nossos colegas pesquisadores como inaceitáveis.

A indústria de pesquisa, por meio de suas associações, códigos e normas éticas, é comprometida com a entrega de resultados imparciais de pesquisa, o que ajuda a construir processos eleitorais democráticos.

Rogamos ao Governo equatoriano que tome providências para coibir esses ataques, protegendo os direitos desses profissionais no seu exercício profissional.

Rogamos ao Governo brasileiro que se solidarize com os pesquisadores equatorianos, reforçando o compromisso com os preceitos democráticos e a liberdade de informação.


Diretoria da ASBPM